artigos

A semente da juventude colhida na nona década

Não por acaso o PCdoB nasceu em 1922, logo após o movimento de explosão  de ideias inovadoras  de artistas brasileiros  que buscavam uma identidade própria e a liberdade de expressão, que ficou conhecido como Semana da Arte Moderna. A música e as artes de uma maneira geral sempre participaram de todas as mudanças políticas que aconteceram …

Não por acaso o PCdoB nasceu em 1922, logo após o movimento de explosão  de ideias inovadoras  de artistas brasileiros  que buscavam uma identidade própria e a liberdade de expressão, que ficou conhecido como Semana da Arte Moderna. A música e as artes de uma maneira geral sempre participaram de todas as mudanças políticas que aconteceram no mundo. Em 92 anos de história, as razões que moveram o boom modernista e a fundação da sigla são, em parte, comuns: anseio por mudanças e a busca pela transformação.

Desde a sua fundação, a raiz do PCdoB sempre esteve na luta dos trabalhadores e dos movimentos sociais, bem como na resistência às opressões e na luta pelos direitos das mulheres e por reformas democráticas.  A passagem do aniversário do partido  é sempre  um momento de resgate das nossas bandeiras, mas também a oportunidade de pensarmos no quanto este partido aposta em renovação. O PCdoB é um partido que, de fato, prioriza a juventude.  

Hoje, de forma geral, o jovem nega a política. O ano de 2013 foi palco de grandes manifestações populares que criticaram a atuação dos políticos e o papel do Estado. A juventude esteve no núcleo dessas manifestações expondo seus anseios. Em um país em que os jovens  não se sentem representados pela política, ser o partido com o maior número de jovens filiados é a certeza de que estamos no caminho certo. Queremos que cada vez mais a juventude assuma compromissos e responsabilidades, não se omitindo diante de dificuldades cotidianas. Entrei para galeria de líderes do partido como a integrante mais jovem. A inauguração da foto na galeria dos líderes é simbólica dessa fase geracional. O PCdoB é um partido de jovens e ser a mais jovem da galeria dos líderes é também um reconhecimento da cara que esse partido tem.

Há um empoderamento feminino à frente  do PCdoB que reconhece nos trabalhadores a participação dos jovens e das mulheres na luta emancipatória como uma luta que faz parte da luta da classe trabalhadora. O partido percebe que esse empoderamento não pode ser mera ferramenta de discurso, tem que se dar na prática. E, essa, é uma grande conquista do PC do B, que deve ser comemorada por todos nós que acreditamos nos ideais de emancipação e democracia.

Deputada Federal Manuela D´Ávila (PCdoB)